Paraná News

Prefeito paranaense reduz 10% do próprio salário, de secretários e comissionados

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2018/01/São-José-dos-Pinhais.jpg
Serão economizados R$ 4 milhões anualmente e os investimentos serão realizados nas áreas emergenciais da cidade (Foto: Divulgação/Prefeitura de São José dos Pinhais)

Além de reduzir o próprio salário, a lei também atinge cargos comissionados, secretários e funções gratificadas

O prefeito Toninho Fenelon (PSC), de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, reduziu em 10% o próprio salário, do vice, secretários, cargos comissionados e funções gratificadas. A lei foi sancionada e passa a valer a partir de janeiro.

O objetivo principal, segundo a Prefeitura, é reduzir custos e se adequar à atual situação econômica de 2018. “A crise econômica que sentimos em 2017 já dava sinais de que em 2018 não seria diferente. Ainda vamos sentir o seu reflexo até que a economia nacional volte a crescer e com isso tenhamos uma receita que permita mantermos nossas contas em dia, e também possamos fazer novos investimentos na cidade”, explicou o prefeito.

Serão economizados R$ 4 milhões anualmente com a decisão, de acordo com os cálculos realizados pela administração. O dinheiro será direcionado para áreas que necessitam de mais investimento e atenção, como por exemplo, a saúde pública. O salário do prefeito é R$ 31.401 e passará para R$ 28.261,27. Outros 21 secretários e cerca de mil servidores serão atingidos pela lei.   Rictv

 

PATROCINADORES

.