Paraná News

Polícia Ambiental de Santa Helena prende homem por desmate e contaminação do solo com dejetos suínos

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/08/f910a87cecd47fbcfeb48b3ee69cd408.jpg

Em atendimento a denúncia de desmate, a equipe da Polícia Militar Ambiental de Sanat Helena, se deslocou até uma propriedade na Linha Campos Sales, zona rural de Marechal Cândido Rondon, onde foi encontrada a destoca mecânica em área de vegetação nativa.

As espécies nativas foram arrancadas com raízes e empurradas em direção a vegetação ainda existente, totalizando 0,6 ha (6.000m²) de desmate.

Durante vistoria na propriedade, a equipe policial verificou que parte da área de vegetação destruída, encontrava-se em área de preservação permanente, que margeia um curso hídrico existente na propriedade.

Ainda no local, foram localizados três chiqueirões com capacidade para 500 suínos, sendo encontrada uma esterqueira irregular, onde os dejetos se acumulam diretamente sobre o solo e outra esterqueira de alvenaria, a qual está danificada, provocando vazamentos de dejetos que também se acumulam sobre o solo. Não foi possível verificar se os dejetos estavam atingindo o curso hídrico, nem tampouco, a quantidade de dejetos despejados irregularmente.

Na propriedade também não foi encontrada nenhuma composteira, para descarte dos animais mortos.

Os policiais realizaram diligências e encontraram o responsável, o qual apresentou uma autorização vencida em 17/11/2016, para realizar a poda de árvores na cortina florestal da faixa de preservação do reservatório. O homem também apresentou outra autorização ambiental vencida desde 20/08/2016, a qual autorizava o aproveitamento de material lenhoso.

À polícia, o responsável pelo local, informou não saber da existência de licença ambiental para o funcionamento de atividade de suinocultura, sendo solicitada a paralisação imediata do lançamento irregular dos dejetos suínos, bem como, orientado a realizar a disposição desses dejetos, seguindo orientações do técnico responsável.

Foi dada voz de prisão ao responsável pela propriedade e o mesmo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon, para as providências penais cabíveis.

Informações e Imagens Correio do Lago

 

PATROCINADORES

.