Paraná News

Morador de Nova Santa Rosa é acusado de golpes que podem chegar a um milhão de reais

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/05/urgente-3.jpg

Um homem de 30 anos, foi detido na noite desta terça-feira (15) após o cumprimento de um mandado de prisão.

Segundo a Polícia Civil, ele era procurado pela Justiça, acusado de crimes de estelionato.

Na delegacia, o advogado de quatro vítimas, contou a imprensa como era a suposta ação do acusado.

Segundo informações, ele ganhava a confiança das pessoas e comprava veículos, caminhões e carros, de forma fria.

Conforme a denúncia, ele criava contratos em nome de outras pessoas e também passava cheques sem fundo.

Somente de quatro vítimas, ele teria deixado um prejuízo de R$ 280 mil.

Conforme os policiais, outras 12 vítimas também teriam caído no golpe do rapaz, que agora esperam pela devolução do dinheiro.

O homem que é de Nova Santa Rosa, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cascavel, onde fica à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede auxílio da população para identificar o homem, que pode ser reconhecido por outros crimes.

O carro do rapaz também foi apreendido.

Morador de Nova Santa Rosa é acusado de golpes que podem chegar a um milhão de reais

Um homem de 30 anos, foi detido na noite desta terça-feira (15) após o cumprimento de um mandado de prisão.

Segundo a Polícia Civil, ele era procurado pela Justiça, acusado de crimes de estelionato.

Na delegacia, o advogado de quatro vítimas, contou a imprensa como era a suposta ação do acusado.

Segundo informações, ele ganhava a confiança das pessoas e comprava veículos, caminhões e carros, de forma fria.

Conforme a denúncia, ele criava contratos em nome de outras pessoas e também passava cheques sem fundo.

Somente de quatro vítimas, ele teria deixado um prejuízo de R$ 280 mil.

Conforme os policiais, outras 12 vítimas também teriam caído no golpe do rapaz, que agora esperam pela devolução do dinheiro.

O homem que é de Nova Santa Rosa, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cascavel, onde fica à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede auxílio da população para identificar o homem, que pode ser reconhecido por outros crimes.

O carro do rapaz também foi apreendido.

CGN

PATROCINADORES

.