Paraná News

Ibama concede Licença de Instalação de segunda ponte entre Brasil e Paraguai.

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/02/ponte.jpg

A Coordenação de Transportes (Cotra) da Diretoria de Licenciamento Ambiental do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), concedeu a Licença de Instalação para a segunda ponte ligando Brasil e Paraguai, que deve ser construída na BR-277, sobre o rio Paraná e que ligará Foz do Iguaçu a Presidente Franco, no país vizinho. A obra terá 14,7 km de extensão. As informações são da Rádio Cultura Foz.

O processo de licenciamento ambiental do empreendimento é conduzido pela Coordenação de Transportes (Cotra) da Diretoria de Licenciamento Ambiental do Ibama. Foram consultados outros órgãos, como o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A construção da ponte não causará impactos em Terras Indígenas ou Unidades de Conservação.

Nesta segunda-feira (20), o Supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Denit) em Foz, o engenheiro Vicente Veríssimo, ressaltou que mesmo com a licença ambiental, existe agora um problema de recurso.

“Como houve essa demora toda, foi previsto um orçamento pequeno. É um valor que não daria nem para o canteiro de obras. Agora é preciso incentivar as lideranças do município, deputados, para buscar um remanejamento de recurso. É perfeitamente possível que haja esse remanejamento”, disse Veríssimo.

O Dnit, que havia incluído R$ 30 milhões nos orçamentos de 2015 e 2016, destinou apenas R$ 6 milhões no orçamento de 2017. O supervisor avaliou ainda, que para instalação do canteiro de obras e o início fundações, seria necessária a previsão orçamentária de valores entre R$ 40 e R$ 50 milhões.

PATROCINADORES

.