Paraná News

Grupo é detido suspeito de aplicar golpe em estudantes de Foz do Iguaçu

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/03/urgente-3.jpg
Seis pessoas foram detidas, neste sábado (15), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeitas de aplicar um golpe em estudantes da rede pública. O grupo convencia os jovens a fazer uma prova gratuita para ingressar no Exército, Marinha ou Força Aérea. Depois, caso o jovem fosse aprovado, deveria pagar R$ 100,00.

A Polícia Civil deve se manifestar sobre o caso ainda neste sábado. Procurado pela RPC Foz do Iguaçu, o Exército afirmou que não faz nenhum tipo de terceirização para realização de provas e exames prévios. O ingresso nas Forças Armadas é feito via concurso.

A oferta era feita dentro das escolas e, para chamar a atenção dos estudantes, os suspeitos citavam supostos benefícios como assistência médica, assistência odontológica, moradia, alimentação e transporte gratuitos.

“Foi um baque porque pagamos tudo e depois para saber que era enganação, que eles mentiram para nós. Várias pessoas foram lá e foram enganadas. Tem gente que pagou e já foi embora. A Justiça tem que ser feita ”, disse uma das vítimas.

A mãe de duas vítimas contou que os filhos ficaram chateados ao descobrirem que tudo não passava de um golpe.

“Eu não desconfiei porque é do colégio (…) Ela chegou do colégio com aquele papel, então não passou pela minha cabeça que poderia ser um golpe. É uma sacanagem fazer isso com a gente, né? Porque a gente… [É] brincar com o sentimento das pessoas, com as esperanças do meus filhos porque eles estão muito chateados e eu também, né? Porque uma coisa dessa é um absurdo”.

A advogada Sônia Januário, que representa os suspeitos detidos, afirmou que se trata de uma empresa que oferece uma palestra para um curso de formação para a carreira militar e, depois de fazer este curso, é que os estudantes poderiam fazer o concurso para tentar entrar em uma das forças militares do Brasil.

G1 Paraná

PATROCINADORES

.