Paraná News

Funcionária da Copel é presa suspeita de desviar R$ 500 mil da estatal

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/07/lçkjfgsda.png
Funcionária pública da Copel foi presa na manhã desta terça-feira (04) em Colombo, região metropolitana de Curitiba. A mulher é suspeita de desviar mais de R$ 500 mil da estatal.

Policiais civis do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) cumpriram mandados de prisão temporária, busca e apreensão. A justiça também determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal, o sequestro de um terreno e a busca e apreensão de um veículo de luxo? ambos adquiridos com dinheiro desviado dos cofres da Copel.

A fraude foi identificada pela Copel e repassada ao Nurce para apurar o caso. Em menos de um mês, polícia conseguiu identificar a ação da funcionária.

O ESQUEMA

A servidora, que trabalha no Departamento Administrativo da Copel, era considerada exemplar e detinha alto grau de confiança dentro da empresa. A função da funcionária era lançar no sistema as faturas emitidas da empresa.

A partir daí a mulher começou desviar dinheiro da companhia, quitando boletos referentes a gastos particulares.

A servidora pegava os boletos bancários, falsificava e lançava-os como dívida da estatal. Em um dos casos, a mulher comprou um carro de luxo 0 km.

Além do carro, a funcionária fez a quitação de um terreno em Colombo, comprou materiais de construção, pagou antecipadamente a construção de uma casa pré-fabricada e adquiriu diversos produtos de uma loja de departamento e por meio do telemarketing, além de produtos de beleza.

A polícia não descarta o envolvimento de mais pessoas, já que os boletos eram pagos em outros setores da estatal.

com SESP

PATROCINADORES

.