Foz tem cinco assassinatos durante a noite, incluindo grávida de gêmeos

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2020/03/Tribuna.jpg

Chacina no fim da noite deixou quatro mortes e um ferido; durante a madrugada mais uma pessoa foi morta e outra ferida.

A noite de domingo, 22, e a madrugada desta segunda-feira, 23, foram de extrema violência em Foz do Iguaçu. No bairro Cidade Nova, foram registradas cinco mortes, além de duas pessoas terem sido feridas. Uma mulher grávida de gêmeos está entre as vítimas fatais. Ainda não foram identificados os suspeitos dos assassinatos.

Chacina

O primeiro ato de violência foi registrado por volta das 23h na Rua Antonio Alves, cruzamento com a Rua João Vicente Chaves. No local, quatro pessoas foram assassinadas e uma ficou ferida, com pelo menos três disparos de arma de fogo e foi encaminhando em estado grave ao Pronto Socorro do Hospital Municipal. Foram assassinados três homens e uma mulher, que estaria grávida de gêmeos no sétimo mês de gestação.

De acordo com testemunhas, um homem, que chegou em uma motocicleta, armado com uma pistola 9mm, ordenou que todos deitasse no chão. Em seguida efetuou os disparos, matando as quatro pessoas e ferindo a quinta. Ele fugiu em seguida. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas ao chegar no local as vítimas já estavam sem vida. Sendo possível resgatar apenas a quinta pessoa.

Ainda não foram confirmadas as identificações oficiais, pois as vítimas não apresentavam documentos. Porém, segundo os familiares, a mulher seria Maria Cristina Masiero, de 20 anos de idade, e os homens foram identificados como Willian Glauber Senna Souza, de 21 anos de idade e José Paulo Pacheco Rosa. Não há identificação da quarta vítima.

Assassinato durante a madrugada

Uma quinta pessoa foi morta durante a madrugada, também no Cidade Nova. Outra foi ferida com tiros nos pés. O crime ocorreu por volta das 3h da madrugada de segunda-feira, 23, na Rua Edesio Fabiano Andrade. Um rapaz, que ainda não foi identificado, foi assassinado com vários disparos.

O outro rapaz, que tem 20 anos, foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Municipal. Não há informações sobre suspeitos e nem se há relação com a chacina registrada mais cedo. A Polícia Civil investiga os casos.

Tribuna Popular/C.Oeste News

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Paraná News - A Informação com Credibilidade e Imparcialidade!