Paraná News

ENTRE RIOS DO OESTE SE PREPARA PARA GERAR ENERGIA COM BIODIGESTORES NAS PROPRIEDADES RURAIS

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2017/03/17353162_1955110394775182_390359327955098613_n.jpg
O prefeito de Entre Rios do Oeste, Jones Neuri Heiden, o vereador Alcindo Schneiders e o secretário de Planejamento Junior Backers, juntamente com o deputado estadual José Carlos Schiavinato, participaram esta semana na Copel em Curitiba de uma reunião com o presidente de Coordenação de Inovação, Marcos de Lacerda Pessoa, com o engenheiro de Pesquisa e Desenvolvimento da Coordenação de Inovação (PRE/CIN), José Roberto Lopes e com os representantes do Centro Internacional de Energias Renováveis–Biogás (CiBiogás).

Está em andamento no município do Oeste um projeto de arranjo técnico e comercial de geração distribuída de energia elétrica, a partir do biogás, em propriedades rurais. Com isso, o município, que hoje tem cerca de 4 mil habitantes, poderá ser um dos primeiros do Brasil a ser abastecida totalmente pela energia produzida com o biogás local.

O projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Copel tem a empresa CiBiogás como a consultora em todos os passos da implantação e pós-implantação do biogás nas propriedades.
Com investimento de R$ 17 milhões em recursos de P&D aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o projeto vai interligar inicialmente dezenove propriedades suinocultoras e avicultoras de Entre Rios do Oeste por meio de um biogasoduto com cerca de 22 quilômetros.

O projeto garante o tratamento dos dejetos animais transformando um agente poluidor em biogás e biofertilizante, com a possibilidade do produtor comercializar estes produtos gerando uma renda adicional.

A análise agora está sendo feita em cima da melhor forma de pagar e retribuir o produtor. “Dentro dessa cadeia autossustentável de geração de energia o grande ator é o produtor rural, ele é o principal agente do sistema, sem ele não há nada”, afirmou Schiavinato.

“Viemos nos certificar corretamente o que cabe a cada uma das partes envolvidas; Copel, Cibiogás, produtores e prefeitura”, salientou o prefeito Jones. A prefeitura terá que fornecer um local apropriado para a central.

PATROCINADORES

.