Paraná News

Covid foi responsável por praticamente uma em cada 10 mortes no Paraná em 2020

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2021/01/Covid-Paraná-1.jpg
Ao longo de 2020, segundo informações do Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil, um total de 77.036 pessoas faleceram no Paraná, considerando-se as mais diversas causas. Na comparação com 2019, quando haviam sido registrados 71.586 óbitos, nota-se um aumento de 7,6% no número de certidões de óbitos emitidas.
Considerando-se ainda o total de óbitos e o registro de mortes por Covid-19 divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa-PR), temos que em 2020 o novo coronavírus foi responsável por praticamente uma em cada dez mortes no estado.

É possível afirmar, ainda, que a nova doença já se firmou como uma das principais, se não a principal, causa de morte no Paraná. Em 2019, último ano com dados disponíveis no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), a principal causa de morte no estado foram as neoplasias malignas, com 14.646 óbitos, seguido pelas doenças cerebrovasculares (6.124).

O levantamento, contudo, considera o grupo de enfermidades da Classificação Internacional de Doenças (CID-10). Entre os diversos tipos de cânceres, por exemplo, aquele que mais matou no ano referido foram as neoplasias malignas dos órgãos digestivos, com 5.057 mortes. Menos que a Covid.

Casos de dezembro de 2020 acendem a luz de alerta para janeiro deste ano
O ano de 2020 finalmente acabou. Mas a pandemia do novo coronavírus, ainda não. E os números da Covid-19 no último mês do ano passado servem de alerta à população paranaense, uma vez que o estado registrou o recorde de casos e mortes causadas pelo coronavírus. Ao mesmo tempo, os números também são motivos para preocupação, tendo em vista os episódios de aglomeração e as festas clandestinas que se multiplicaram pelo estado nas últimas semanas.
Conforme dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), ao longo de 2020 a pandemia ceifou 7.912 vidas no Paraná, com 1.813 óbitos apenas em dezembro. Foi o mês com mais mortes causadas pela Covid-19 no estado, seguido pelos meses de agosto (1.352) e julho (1.263), quando se registou o pico da primeira onda da doença por aqui.

Além do recorde de mortes, o último mês do ano passado também registrou o recorde de diagnósticos positivos para o novo coronavírus, com 135.988 confirmações, o equivalente a praticamente um terço do total de 413.412 diagnósticos no Paraná. Antes, os meses com mais casos novos haviam sido novembro (66.179), agosto (55.200) e julho (52.677).

Decretos do coronavírus vencem nesta semana
Nesta semana os decretos do Estado e de Curitiba que determinaram a adoção da bandeira laranja na Capital e o toque de recolher entre 23 e 5 horas do governo do Estado, terão a validade vencida. O decreto municipal da bandeira laranja, com restrições de funcionamento de atividades não essenciais aos domingos tem validade até a sexta-feira. A bandeira com restrições foi prorrogada no dia 17 de dezembro, com validade de 22 dias.

Já o toque de recolher também foi prorrogado na semana passada. No dia 28 de dezembro o governo decidiu por mais dez dias com a medida, que também vence no fim de semana.

Nos próximos dias, tanto município quanto o Estado devem definir se as regras serão mantidas ou se pode ocorrer uma felxibilização das medidas, adotadas depois da alta de casos desde o início de dezembro. As medidas pretenderam evitar a circulação e aglomeração de pessoas em horários considerados críticos.

Estado tem 418 mil casos e está perto de 8 mil óbitos
A Secretaria de Estado da Saúde divulgou ontem 1.688 novos casos confirmados e 27 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 418.122 casos confirmados e 7.965 mortos em decorrência da doença.

Ontem, 1.504 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estavam internados. Eram 1.158 pessoas em leitos SUS (590 em UTI e 568 em leitos clínicos/enfermaria) e 346 em leitos da rede particular (137 em UTI e 209 em leitos clínicos/enfermaria).

Brasil — O Brasil registrou, entre o sábado e ontem , mais 293 mortes em decorrência do novo coronavírus, elevando o total de vidas perdidas a 196.018. No mesmo intervalo, foram 17.341 novos casos notificados, chegando a 7.733.746 infecções. Os dados são do Ministério da Saúde. O País é o terceiro em número de casos (atrás de EUA e Índia) e o segundo em óbitos.

Óbitos por ano no Paraná
2020* 77.036
2019 71.586
2018 74.437
2017 73.886
2016 76.904
* Dados preliminares
Fonte: Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil
Óbitos por Covid, mês a mês, no Paraná
Dezembro 1.813
Novembro 934
Outubro 724
Setembro 1.190
Agosto 1.352
Julho 1.263
Junho 454
Maio 96
Abril 83
Março 3
TOTAL 7.912
Diagnósticos de Covid, mês a mês, no Paraná
Dezembro 135.988
Novembro 66.179
Outubro 34.238
Setembro 46.507
Agosto 55.200
Julho 52.677
Junho 17.936
Maio 3.280
Abril 1.228
Março 179
TOTAL 413.412
Fonte: Secretaria Estadual da Saúde (Sesa-PR)
Principais causas de morte no Paraná em 2019 (segundo o grupo da CID-10)
Neoplasias malignas 14.646
Doenças cerebrovasculares 6.124
Doenças isquêmicas do coração 5.977
Acidentes: 4.770
Influenza [gripe] e pneumonia: 4.406
Fonte: Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde

 

PATROCINADORES

.