Paraná News

As homenagens ao cientista que “abriu um universo de possibilidades”

https://parananews.net.br/wp-content/uploads/2018/03/Sthefen-Hawking-1.jpg

O físico britânico Stephen Hawking morreu aos 76 anos. As homenagens que estão a ser feitas um pouco por todo o mundo elogiam-lhe tanto o percurso académico como a sua personalidade.

Entristecida a manhã desta quarta-feira com a notícia da morte de Stephen Hawking, as reacções de luto e de homenagem à sua vida (tanto pessoal como profissional) não tardaram. Em homenagem ao cientista, os canais National Geographic e Fox Movies terão uma emissão especial: nesta quarta-feira, no sábado e no domingo, serão transmitidos documentários e filmes sobre Stephen Hawking. O filme A Teoria de Tudo será exibido na Fox Movies na quarta e no sábado; já a National Geographic transmitirá dois documentários na noite de quarta-feira e três durante a tarde de domingo, alguns deles da série Genius by Stephen Hawking.

“A sua morte deixa um vácuo intelectual. Mas não está vazio. Pense-se nisso como uma espécie de energia em vácuo que permeia o tecido do espaço e do tempo”, escreveu o físico Neil deGrasse Tyson no Twitter, partilhando uma fotografia com Stephen Hawking.

A NASA partilhou um vídeo do físico, considerando-o um “embaixador da ciência”. “As suas teorias abriram um universo de possibilidades que nós e o mundo estamos a explorar. Que continues a voar como o Super Homem em microgravidade, como disseste aos astronautas da Estação Espacial Internacional em 2014”.

“Que triunfo foi a sua vida”, disse o astrónomo britânico Martin Rees, citado pelo New York Times. “O seu nome viverá nos anais da ciência; os horizontes de milhões de pessoas foram alargados pelos seus livros de sucesso; e, mais do que isso, inspirou pessoas por todo o mundo com o seu exemplo único de superação contra todas as probabilidades”, acrescentou. “Desde Albert Einstein que nenhum outro cientista cativou a imaginação pública e encantou dezenas de milhões de pessoas por todo o mundo”, disse ao New York Times o professor de Física Michio Kaku.

O actor Eddie Redmayne, que protagonizou A Teoria de Tudo, onde dá vida ao cientista britânico, reagiu à morte de Hawking, que considerou ser “o homem mais engraçado que já conheceu”. “Perdemos uma mente verdadeiramente magnífica”, disse, manifestando o seu apoio à família do cientista.

“Stephen Hawking foi uma mente brilhante e extraordinária, um dos grandes cientistas da sua geração. A sua coragem, humor, e determinação em tirar maior partido da sua vida são uma inspiração. O seu legado não será esquecido”, disse a primeira-ministra britânica, Theresa May. “Perdemos uma mente gigante e uma essência maravilhosa”, disse o cientista britânico que criou a Web, Tim Berners-Lee.

 

 

PATROCINADORES

.